Entre em contato e veja o melhor horário
(41) 3408-3353 | (41) 99184-3353
BLOG

Notícias Clinica Fiore

Acne, o que fazer?

Acne é nome dado cientificamente ao conjunto de cômedos (cravos), pápulas (“bolinhas vermelhas”) e pústulas (“espinhas amareladas”) que aparecem no rosto, colo e costas. Essa doença é muito comum na adolescência, porém cada vez mais adultos têm sofrido com o quadro. Independente da idade, o importante é iniciar o tratamento o mais precocemente possível, para evitar a formação das indesejadas marcas e cicatrizes.

Por afetar áreas expostas, quando se manifesta de forma intensa, a acne pode levar a um prejuízo na qualidade de vida e autoestima, levando o indivíduo a uma retração e isolamento social, o que reforça a importância do seu tratamento.

acne

Acne

Causas:

A acne aparece principalmente na adolescência, fase em que há aumento na produção hormonal, levando a um estímulo das glândulas sebáceas que passam a produzir mais sebo.

Por ser uma doença com herança genética, filhos de pais que tiveram acne, têm maior chance de apresentá-la.

Condições gerais como o calor excessivo, banhos quentes, uso de cremes com base oleosa ou o simples ato de dormir de maquiagem, podem também aumentar a incidência de acne.

Quadro comum hoje em dia é a acne da mulher adulta, que pode surgir no período da menstruação (devido à flutuação hormonal), na gestação ou durante a menopausa.

Outras condições como ovários policísticos, uso de medicações (corticóides ou lítio) e estresse também podem ter relação com a acne.

Diagnóstico:

O diagnóstico da acne é feito durante a consulta médica, em que o dermatologista irá analisar as lesões e classificar o quadro em:

  • Acne Grau I: apenas cômedos, sem lesões inflamatórias, pústulas ou cistos.
  • Acne Grau II: cômedos, pápulas e pústulas pequenas
  • Acne Grau III: cômedos, pápulas, pústulas e nódulos
  • Acne Grau IV: cômedos, pápulas, pústulas, nódulos e cistos que se comunicam entre si
  • Acne Grau V: quadro de acne grave, acompanhado de febre, dores articulares e mal-estar

Tratamentos:

Existem inúmeros tratamentos disponíveis para acne. A escolha do melhor tratamento dependerá do grau da acne e das particularidades de cada paciente..

O tratamento tópico está indicado na maioria dos pacientes e consiste na limpeza do rosto com sabonetes específicos, uso de protetor solar oil free e aplicação de cremes a base de ácido e/ou substâncias anti-inflamatórias e antibióticas.

Caso não haja controle do quadro com as medidas tópicas, o dermatologista pode partir para outros tratamentos visando um resultado mais eficaz, tais como: antibióticos orais, pílulas anticoncepcionais e a isotretinoína (utilizada nas formas mais graves e resistentes).

Nos pacientes que já tenham o quadro inflamatório controlado, mas que evoluíram com formação de manchas ou cicatrizes, alguns procedimentos  poderão ser realizados: laser, peeling, preenchimento (nos casos de cicatrizes mais pontuais), dermoabrasão e microagulhamento.

Portanto, a acne e suas consequências têm tratamento, o qual deverá ser sempre individualizado. Se você sofre com alguma das condições acima, agende uma avaliação com um dermatologista credenciado pela Sociedade Brasileira de Dermatologia!

Tags:

Clínica Fiore

Author

view all posts

Deixe uma resposta